serviços e tratamentosHEMODIAFILTRAÇÃO

HEMODIÁLISE

HEMODIAFILTRAÇÃO

A hemodiafiltração é a terapêutica mais moderna da atualidade, segundo pesquisas científicas. Há uma série de substâncias não filtradas na diálise convencional que são retiradas do sangue na hemodiafiltração. Essa maior eficiência tem impacto direto nos resultados do tratamento, como mostram estudos recentes.

Na hemodiafiltração, elevados volumes de solução produzida com água ultra-pura são infundidos e simultaneamente filtrados do espaço vascular do paciente, resultando em uma melhor remoção de toxinas do que na hemodiálise convencional. O procedimento é mais eficiente, pois exerce uma pressão maior para “arrastar” essas substâncias tóxicas e o excesso de água para fora do sangue.

Com isso, moléculas mais “pesadas” podem ser descartadas, reduzindo a incidência de desmineralização óssea (que leva a fraturas), inflamações, desnutrição, anemia, hipertensão arterial, insuficiência cardíaca e neuropatias, além da redução do risco de infecções.

Assim como na hemodiálise, o tratamento pode ser feito de três a seis vezes por semana, conforme a necessidade. A maior eficiência na filtragem de substâncias, tem impacto direto na qualidade de vida dos pacientes. Como resultado do tratamento existe uma concentração de toxinas menor no sangue assim, o paciente pode levar uma vida o mais próxima do normal possível tendo uma alimentação menos restritiva.

Quais os pacientes em hemodiálise com maior indicação para esta modalidade de tratamento?

  • Risco cardiovascular elevado.

  • Carência nutricional severa.

  • Alterações hemodinâmicas.

  • Hiperfosfatemia severa.

  • Resistência ao uso de estimulantes da eritropoiese.

  • Complicações tardias da hemodiálise.